vídeo/foto: RYAN VAN NEK

Mãos.

Bem à minha frente estão.

Quase não as vejo em ação.

Mexem-se e expressam-se de forma tão veloz

e a tinta da caneta descreve sua voz…

Quando vejo já está pronto, feito, realizado, acabado…

Mãos.

Do pensamento, extensão,

do sentimento, expressão.

Lentas ou rápidas, abertas, fechadas,

dedos estendidos, encolhidos,

abertos, fechados, encobertos…

Mãos…

Suas palmas muito sensíveis são…

Às vezes endurecem pela vida, pelo pão,

mas quando estão abertas são pura doação…

No último momento ficam sobre o coração…

Que mais se ampliem seus gestos e movimentos

refletindo sempre o que vai por dentro

fluindo em perfeita harmonia e perfeição…

Mãos…

Ação e expressão…

Pessoas “falam com as mãos”…

É bom apreciar sua sincronia e andamento…

seu contínuo fazer e expressar

saem desenhando formas no ar…

 

Tão importantes são as mãos, mas nem sempre cuidamos como merecem. Esta é uma proposta de experimentação e ampliação de percepções sobre elas. Apertando, soltando, alongando, esfregando, torcendo, explorando tantas reentrâncias e articulações, tantas temperaturas e texturas, pulsações. Do punho às pontas dos dedos.  Comece olhando para elas, reconhecendo-as, explorando seus ângulos e possibilidades.

É possível que muitas lembranças aflorem, ativando memórias, ativando sua história. Acolha, reconheça, agradeça, despeça-se.

Junte as palmas, esfregue-as sentindo a sensação do toque na pele, o aquecimento, o leve formigamento e então afaste-as sentindo o calor gerado, que aquece e cura, permitindo-se novas percepções.

Você já viu um bebê quando descobre que tem mãos? Fica encantad@! Olha muito para elas, movimenta, ri a cada descoberta, recorra a esta memória, você já foi bebê… Encante-se com suas mãos, Descubra-as, acima de tudo, sinta-as intensamente.

Afinal, você nada tem a perder… e tudo a ganhar…

https://www.facebook.com/tempodeescolha/

QUER SABER MAIS SOBRE TEMPO DE ESCOLHA, ACESSE:

QUER SABER MAIS SOBRE ISIS DE CASTRO, ACESSE:

Comentários

Comentários