SEI LÁ – Isis de Castro – da série QUARENTENA

Por Isis de Castro

MEDO, ANGÚSTIA, OPRESSÃO, SENTIMENTOS QUE SE ALTERNAM… O OLHAR PERDIDO NÃO FOCA, O PENSAMENTO ALHEIO SUFOCA, LUTO POR TANTAS MORTES EM VÃO. É PRECISO SEGUIR O CAMINHO, COMEÇAR UM NOVO NINHO, BUSCAR OUTROS ACONCHEGOS. O DIFÍCIL NO MOMENTO QUE TRAZ DOR E SOFRIMENTO, É LIDAR COM DESAPEGOS E NÃO TER SEQUER CERTEZA DO QUE SE…

FOGO – Isis de Castro. – DA SÉRIE QUARENTENA

Por Isis de Castro

HOJE ME PERMITI SENTIR EM PROFUNDIDADE O SOL EM MIM. TINHA ESQUECIDO QUE O CALOR DO FOGO ACALENTA… A PELE ACOLHE, RECEBE, AGRADECE, RALENTA… OS OLHOS SE FECHAM PARA RECEBER LUZ QUE SE IRRADIA CONCÊNTRICA-MENTE…. O CINZA SE DISSIPA… FIAT LUX INTERNAMENTE… ATÉ OS OSSOS E MEMBRANAS, PASSANDO PELAS SOMBRAS INSANAS DAS LENDAS URBANAS… O…

VISIONÁRIOS DO CAMINHO – THE WAYSEER MANIFESTO – Isis de Castro.

Por Isis de Castro

Visionários do caminho… Será este um novo ninho que nos possa acolher? Atrofiados, coagidos, instados, confinados, solitários, oprimidos, que não cansam de sonhar em um novo alvorecer… Povo somos nós, sou eu, é você. Só nós sabemos do que precisamos, merecemos, pagamos, sofremos… É preciso esquecer as divergências… O mundo é outro, é preciso acordar!…

RESILIÊNCIA – A CENA – Isis de Castro.

Por Isis de Castro

Resiliência. Estamos vivendo momentos de resiliência… Embora com o peito cheio de reticências, de inseguranças e notícias ruins, paciência… Solidariedade rima com fraternidade e consciência… Relevância… Estamos vivendo um momento de relevância… Seja aqui, seja acolá, em toda e qualquer instância… É preciso resgatar a mais tenra infância, acolhê-la no peito, dar-lhe importância… Sapiência… Estamos…

MÃOS – Isis de Castro. – DA SÉRIE AUTO MASSAGEM

Por Isis de Castro

vídeo/foto: RYAN VAN NEK Mãos. Bem à minha frente estão. Quase não as vejo em ação. Mexem-se e expressam-se de forma tão veloz e a tinta da caneta descreve sua voz… Quando vejo já está pronto, feito, realizado, acabado… Mãos. Do pensamento, extensão, do sentimento, expressão. Lentas ou rápidas, abertas, fechadas, dedos estendidos, encolhidos, abertos,…

HORTELÃ – A CENA – DA SÉRIE “AROMAS SÃO” – Isis de Castro.

Por Isis de Castro

Hortelã, tão fresca quanto a luz da manhã, intensa em seu afã de se expandir e invadir narinas… Hortelã, intensa e preponderante em seu poder de levante em sua qualidade alquímica de transformar humores, de suscitar amores, desejos de correr pelas campinas… Enche de vitalidade, reforça a própria vontade, limpa os maus pensamentos varrendo-os como…