Por que somatizamos? – 5º chacra – Renda a vontade pessoal à vontade divina – Caroline Myss

with Nenhum comentário

 

1522063_10153216263836055_8605878693366036378_n

O QUE É SOMATIZAÇÃO?

Somatizar é, basicamente, trazer para o corpo algum desconforto emocional. Por exemplo, quando temos dificuldades em tomar uma decisão, podemos ter crises alérgicas. Ou seja, o corpo reage, sinalizando que a energia não está fluindo adequadamente. Ansiedade e medo, gerados pela necessidade da ação e a insegurança em realizá-la,transformam-se em sintomas físicos, que chamamos de doença. Quando temos uma prova para um vestibular ou entrevista de emprego, algo que vai gerar um “julgamento” de outra ou outras pessoas, e nos sentimos inferiores ou despreparados, podemos ter um desarranjo intestinal ou uma crise de gastrite ou refluxo. É a forma que o organismo encontra de “realizar” a energia, quando não permitimos que ela aconteça de maneira espontânea e harmônica. Quando reprimimos nosso desejo. Quando não confiamos em nós mesmos.

Quando sofremos uma perda significativa e não a vivenciamos plenamente, chorando tudo que há a chorar, sentindo a dor e não abafando-a, podemos entrar em estados de depressão e pânico, que, se não identificados e cuidados a tempo, correm o risco de se desenvolver em desapreço pela vida.

Em resumo, somatizar é carregar no corpo sensações mal resolvidas, das quais necessitamos nos despedir, através da consciência corporal, do auto conhecimento, do perdão e do desapego.

O livro Anatomia do Espírito de Carolyne Miss, apresenta um estudo detalhado desta médica americana especialista nos sintomas que aparecem no corpo relacionados às emoções a partir de cada chacra.

Apresentamos aqui um pequeno trecho, onde ela sistematizou:

 

O QUINTO CHACRA: O PODER DA VONTADE

Caroline Myss/Anatomia do Espírito – Os sete estágios do poder e da cura

Localização: garganta
Conexão energética com o corpo físico: garganta, tireóide, traquéia, esôfago, paratireóide, hipotálamo, vértebras do pescoço, boca, mandíbula e dentes.
Conexão energética com o corpo emocional/mental: lutas emocionais e mentais envolvidas no aprendizado da natureza do poder de escolha. Todas as doenças têm uma ligação com o quinto chacra, porque a escolha está envolvida em todos os detalhes de nossa vida e, portanto, em todas as doenças.
Conexão simbólica/perceptiva: o desafio simbólico é progredir através do amadurecimento espiritual da vontade: desde a percepção tribal de que todos e tudo ao seu redor possuem autoridade sobre você; através da percepção de que só você possui autoridade sobre si mesmo, até a percepção final de que a verdadeira autoridade vem de alinhar-se com a vontade de Deus.
Medos principais: Os medos relacionados com a força de vontade existem dentro de cada chacra. Temos medo de não ter autoridade de poder de escolha dentro de nossas vidas, primeiro dentro de nossas tribos, depois nos relacionamentos pessoais e profissionais, medo de não ter autoridade sobre si mesmo, de ficar fora do controle nas nossas respostas a substâncias, dinheiro, ao controle emocional de outra pessoa sobre nosso bem estar. E, finalmente, temos medo da vontade de Deus.
Forças principais: fé, auto conhecimento e autoridade; capacidade de tomar decisões, mantendo a palavra para si e para o outro.

Verdade sagrada: Centro da escolha e da conseqüência: do carma espiritual: RENDA A VONTADE PESSOAL À VONTADE DIVINA

Questões para auto-exame:
(1) Qual sua definição de ter uma “vontade forte”?
(2) Quem são as pessoas de sua vida que têm controle sobre sua força de vontade e por que?
(3) Você procura controlar os outros? Se o faz, quem são e por que?
(4) Você é capaz de se expressar honesta e abertamente quando é necessário? Se não, por que?
(5) Você é capaz de sentir quando está recebendo uma orientação para agir?
(6) Você confia na orientação que não possui “provas” externas?
(7) Que medos você associou com a orientação divina?
(8) Você reza para ter ajuda com planos pessoais ou é capaz de dizer: “farei o que o céu desejar que eu faça”?
(9) O que faz com que você perca o controle da sua própria força de vontade?
(10) Você barganha consigo mesmo em situações em que sabe que precisa mudar, mas que continuamente evita tomar uma atitude? Em caso positivo, identifique essas situações e seus motivos para não querer agir.

QUER SABER MAIS SOBRE TEMPO DE ESCOLHA, ACESSE:

Sobre

QUER SABER MAIS SOBRE ISIS DE CASTRO, ACESSE:

Isis de Castro

 

Comentários

Comentários

Bem vindo! Aqui falamos de amor, paz, alegria, saúde, abundância. Vamos junt@s?...