massagem2

Auto estima passa pelo reconhecimento e aceitação do próprio corpo do jeito que ele é e está. Faz parte do processo de auto conhecimento.
Lembra? Um dia você descobriu seus pezinhos e se divertiu muito com eles. Puxou, alongou, esticou, torceu, mordiscou, chupou, lambeu, cheirou, todas as formas de sentir e perceber causavam alegria e prazer. Assim começamos a aprender sobre nosso corpo.
Depois crescemos e somos condicionados, educados, catalogados e esquecemos tudo isto. Muitas vezes esquecemos até o próprio corpo, tão regidos pelo ego e razão, estas energias tão necessárias à sobrevivência, mas que não podem prevalecer o tempo todo na vida sob pena de uma tensão em tempo integral totalmente desnecessária. Precisamos do repouso e acolhimento das pausas para equilibrar as emoções e sentimentos.
O equilíbrio é o tempero que ora oscila ora se alinha, no processo dinâmico da respiração. É esta consciência integradora que se busca na massagem.
Receber massagem é um exercício de entrega, de permissão e descoberta. Uma troca intensa de energia, que revitaliza quem aplica e quem recebe.
Aqui trataremos da possibilidade de fazer massagem em si, uma auto massagem, um descobrir-se a cada toque. Disso vamos tratar a partir de hoje.
A proposta é inserir a auto massagem em sua vida 5 minutos por dia. Momento de pausa, respiração e auto conhecimento. Sem disciplina não existe aprendizado. E da melhor qualidade da sua vida só você pode cuidar.
Estarei trazendo experiências pessoais que podem servir de referência e inspiração, de experimentação própria para criar sua própria maneira de tocar e descobrir as sensações e nuances do seu corpo.
Podemos iniciar uma “troca de figurinhas” muito rica com quem se sinta à vontade para trazer sua experiência, depoimento, descobertas, proposta de exercício, sugestão, crítica, “insights”.
Nosso corpo é um mar de sensações que nem suspeitamos tão acostumados estamos a repetir sempre os mesmos gestos e movimentos, que passam a não fazer mais sentido, tornando-se mecânicos e não mais expressivos.
A auto massagem é uma viagem sem fim no seu próprio corpo e nas emoções, pois temos memórias corporais que podem ser afloradas e curadas com o toque.
Um exercício de amor por si.
Vamos lá? Você nada tem a perder… e tudo a ganhar…

 



MASSAGEM NA CABEÇA

automassagem12

Todos os dias tomamos banho. É um momento íntimo que deve ser prazeroso. Um dos locais que pouco tocamos com consciência é a cabeça. Às vezes até maltratamos, com excessos de escovas, secadores, pentes, tinturas. Achamos gostoso quando uma boa cabeleireira faz uma lavagem profunda nos nossos cabelos, pois a massagem propiciada é deliciosa. Que tal fazer isso toda vez que lavar a cabeça? Não apenas na pressa de usar o shampoo, o condicionador e ainda economizar a energia e a água. É molhar os cabelos, desligar o chuveiro, colocar o shampoo, respirar profundamente e fazer uma massagem abrangente, explorando a sensação dos dedos que se alongam e se aprofundam em meio aos cabelos e descobrindo o couro cabeludo, a sensação da pele e dos pelos escorregando, puxando, torcendo, esticando, e a pulsação provocada pelo fluxo sanguíneo, que se espalha ritmicamente provocando sensações deliciosas. Faça caretas aproveitando o movimento que reverbera por toda a cabeça, dessa forma distensionando os músculos do rosto, mandíbulas, pescoço, que costumam estar sempre tensionados devido às máscaras que usamos para nos proteger e defender, pela luz do sol ou por outros motivos. Utilize seus cinco minutos diários e aí ligue o chuveiro e faça um enxague sentindo a água escorrer, limpar, lavar, refrescar. Uma boa forma de começar o dia… Tome seu banho e observe como fica sua cabeça, seu corpo e disposição… Experimenta… Semana que vem tem mais… Se der vontade, compartilhe sua experiência… Estamos aqui para saber…

 

http://tempodeescolha.com.br/massagem-porque-as-vezes-e-preciso-cuidar-de-si-com-carinho/

 

Sobre

 

 

Comentários

Comentários